Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Não estava nada à espera

Dias e dias a adiar uma saída... E finalmente pude aproveitar uma noite como há muito não tinha!
O jantar improvisado, o correr as capelas todas, acabar na disco do meu aniversário e dançar, como já não dançava faz muito, muito, muito tempo! Dançar como se ninguém me estivesse a ver, era esse o meu lema.
Ontem foi a noite em que não pensei em nada, quis divertir-me sem pensar muito, foi para a desgraça. Sorrir, roubar copos, aproveitar a boa companhia... Sem dúvida a melhor noite em anos!

I am a cat person!

Já há largos anos que digo que gostaria de ter um animal de estimação. Também é verdade que não tenho vida para ter um cão. Já há muito tempo que andava a pesar os prós e contras de ter um gato... e já me tinha decidido. Queria um gato que me pudesse fazer companhia.

E ontem, ao entrar naquela loja de animais apenas para ver se havia algum dado que quisesse uma casa nova. E, de facto, estava lá uma ninhada nova. Um lindo chamou-me a atenção, mas após o meu pensamento mais a sério sobre levar a decisão avante, reparo no gatinho mais pequeno, entretido com a bola de brincar, que apenas parava, comia e regressava à sua vidinha, bem menos preocupado em chamar a atenção dos humanos que passavam do que os seus irmãos. Foi instantâneo, era aquele que iria ser o meu gato. A A. que me acompanhava  ficou radiante, apesar de não gostar de gatos, disse que seria a madrinha com muito gosto. Andámos a comprar todas as coisas necessárias para acomodar o bichinho, assinei o termo de responsabilidade, e rumei para a minha casa, de gatinho preto ao colo...

 

Pág. 1/3