Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Ontem desci à terra

É triste ser necessário ouvir reais problemas da boca da miha linda, para remeter-me à minha insignificancia e perceber, uma vez mais, a real sorte que tenho!
É tramado por demais embater com a informação de que um familiar está a enfrentar uma doença grave, já com a sentença de morte dada.  Senti-me triste pela família, pelos que cá ficam, pela situação em si. Adormeci e agradeci em silêncio as bençãos que tenho de momento, e desejei continuar assim... Com toda a família com saúde e unida, que o resto, dá-se um jeito!

2015

Ponho-me a falar com a minha linda e fico com ideias... Noutros tempos seria de ver-me já a fazer 30 por uma linha para organizar tudo, desta vez, apenas tenho definido um prazo máximo...

Fiquei com ideias mas logo se verá.

Já não sei de nada!

Convite surpresa "para prenda atrasada", cumplicidade reconfirmada até na pista de dança (desta vez, não nos limitámos à minha sala). Dançámos até ficar exaustos, enquanto brincávamos, ríamos e gozávamos com tudo.

E torna-se estranho pisar os mesmos passos dados há ano atrás, estarmos juntos como sempre e mesmo assim, sentir que nos estamos a conhecer novamente... Não sei se é bom ou mau, só sei que por enquanto faz-me bem, e enquanto assim for, continuará a ser, mesmo não sendo...

E um ano depois...

Percebes!O primeiro pensamento é "pois, lamento, sem a mínima hipótese".

Há coisas que perderam a razão de ser, e que fora do contexto então, ainda mais...
Mas que me ri ao constatar a minha lerdice, isso deu pra rir!

Pág. 1/5