Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

...

Por norma os meus posts são escritos a correr, em plenos momentos de desabafo, é tipo verborreia escrita. E devo dizer que, por vezes, releio os mesmo e assusto-me com os meus próprios erros... Oh God!

Pára tudo

Big brother famosos?! A sério?!
Acho que a tvi está com as ideias trocadas. Não seria melhor uma casa dos segredos com famosos e um big brother com desconhecidos?!

De qualquer forma só sei que não irei ver..

Subtis diferenças... Grandes diferenças

Como se o universo quisesse testar-te, coloca-te numa posição em que tens de demonstrar (a ti mesma) que aquilo que tens ouvido e dito nos últimos tempos é aquilo em que realmente acreditas, é realmente aquilo que defendes!

Até agora tens assimilado determinados acontecimentos e percebes diferenças que deveriam ser, naturalmente, adoptadas sem imposição e sim de coração. Percebes que por muito que fales, se realmente não o sentires não há qualquer sentido em proferir certas palavras! E por segundos a insegurança a que estás tão habituada começa a surgir e vês-te envolta em medos, ficas confusa e questionas os teus próprios argumentos. E só nesse momento, no auge do desequilíbrio, paras o burburinho na tua cabeça, ouves-te a ti mesma e tomas a decisão, não só a que deve ser tomada, como aquela que sabes ser melhor para ti, a que vai ao encontro do teu coração. É nestes pedaços que te apercebes da dimensão do que sentes! Ainda assim, acordas como nova, tendo bem a noção de que passaste com distinção mais uma vez. Vais aprendendo a silenciar os medos e ficas feliz com isso. Afinal de contas, sabes melhor do que ninguém que foi mais um pequeno grande passo dado em frente. A decisão tomada só por ti, baseada só em ti!

A música de Abril

"Diga que me adora
Deixe o orgulho e venha, porque já
Está na hora, da gente se encontrar e sermos um
Mas não demora, que é pra chama não desencantar
Se esvair no ar, e só restar lembrança"

 

Estou mais do que rendida a esta música, a esta letra. Não há forma de fugir, diz-me tanto... É demasiado "boa onda" para eu ignorar.

Pág. 1/3