Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Estou no ir!

Últimas horas passadas a trabalhar neste instituto. E só agora, com uma saída tão abrupta é que verifico o quanto estes 2 anos e meio me viram crescer. Além das lutas internas, profissionalmente tem sido um caminho sempre a subir. Não perfeito, afinal ainda sou verde em muitos aspectos, mas é de facto bom saber-me querida por aqueles que me rodeiam e lidam comigo. Gostei sobretudo de ouvir alguém experiente dizer-me que acima de tudo devo manter os meus valores.

Este convite para abraçar outro projecto veio em boa hora. De cima como que a demostrar aquilo que eu já sei - sou uma óptima profissional. Mas custa tanto dizer adeus a um local que se alapou ao meu coração.

Vou com um sentimento misto de alegria e tristeza, mas sigo que o meu caminho ainda é longo.

Aos que ficam um boa sorte para o que vem. Aos outros, os que interessam, vêm comigo no coração.

Até sempre.

Mensagens subliminares?!

Ontem, ligo a tv do quarto, enquanto me preparo para deitar à procura do comando para mudar de canal, afinal já tinha visto "A mexicana". Enquanto isso, ouço:

 

- If two people love each other, but they just can't seem to get it together, when do you get to that point of enough is enough?
- Never.

 

Arrepiei-me!

Sevilha - 40º à sombra e muita adrenalina

Fim de semana a passear. Queda livre, montanha russa e muito, muito calor. Nunca gritei tanto, por nada!

Uma cigana interpelou-me e quis ler-me a sina, eu deixei a troco de 2€. Deu para sorrir e achar que era bom que ela realmente acertasse.

Objectivo cumprido e mais uma cidade conhecida. Nunca pensei que fosse correr tão bem, valeu bem a pena.

Pág. 1/2