Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

O agressivo Santo António

Não era suposto mas aconteceu. Tive o pressentimento à tarde e no final do dia confirmei. Foi mesmo uma noite inesquecível.
Bebi poncha (mas digna de ser chamada desse nome), fiz figuras tristes, dancei e cantei pimbalhada como tanto gosto. Divertimo-nos a sério. Apagar completamente, acordar para fazer o trajecto até casa, estender-me na cama enquanto pensava “finalmente”, apagar e a luz e… Pensava eu que só iria acordar no dia seguinte, pois claro. O estado foi tão agressivo que tive um ataque de sonambulismo! O que me ri (talvez para nao chorar), o que nos rimos com esta história, é que ser obrigada a correr pela minha rua em trajes menores tem muito que se lhe diga..
Não sei se para o ano há mais, só sei que igual a este jamais. Noite muito agressiva (e boua, mesmo boua).

Km. de felicidade

Portimao de fugida, jantar em Alvor, passeio por Lagos, também por Sagres e ainda deu para umas horas de Praia na Zambujeira. Conhecer gentes novas, fazer misturas inapropriadas, ter uma ressaca de caixão a cova, comer gelados maravilhosos e ainda dar um passeio de barco que faz as delícias de qualquer um.
Uma verdadeira escapadela bem aproveitada, um desejo de repetir...
Ainda sobrou tempo para jantar de gajas regado a sangria de espumante e muralhas, o que fez com que a palhaçada se alongasse até às 2h00 da manhã. Com parabenização às pressas e selfie digital incluída.
Um fim de semana daqueles que fazem valer bem a pena.