Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Feliz Natal

Tenho a certeza que a viagem me fará mudar. Vou regressar outra depois disto, sinto-o tão certo...
Começa a cair a ficha, até aqui limitei-me a organizar a viagem mas não me estava a perceber do que ela acarreta!
Prevejo dias de sentimentos intensos, muita emoção. Comecei assim o ano e assim vou terminar.
2015 foi espetacular e só desejo que 2016 continue a ser esta sucessão de bons acontecimentos.

O que eu gostei do museu da eletricidade

Por razões que nem eu sei explicar ou até entender, nunca tinha posto os pés neste museu! devo dizer que adorei, adorei adorei. Um must para crescidos e pequeninos. Ponto obrigatório em Lisboa para tardes de sol em que não se sabe bem o que fazer... Além de que é sempre mil vezes melhor a enfiar os putos no shopping. Eu quero voltar!

Alguém me pode confirmar se as minhas suspeitas são válidas?!

Por que raio é que o Sr. Ortega achou que encolher os números seria uma óptima ideia para as suas lojas? Porra, em questão de meses eu passei de um singelo 34 para o 38 (em alguns casos 40) sendo que não engordei por ai além... E o mais ridículo de toda esta história é que o 38 fica-me apertado nas pernas e na cintura super largo… Fico a pensar se o problema é meu! Minto, percebi que o problema definitivamente não é meu quando o meu maninho (aquele pau de virar tripas) procura um macacão e só tem a sua disposição o nº 40! Ok entendo que lá na china os números não correspondam às nossas medidas, u L deles equivale a um XS dos nossos mas fosga-se, acho ser um bocadinho demais o que se passa.
E não, a ideia de inventarem lojas “plus size” onde os números são igualmente ridículos mesmo para as senhoras mais cheiinhas não é solução. Farta deste mercado que nos obriga a gastar 80€ numas calças de ganga que correspondam as medidas naturais, dasse!