Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Rejubilemos

A partir de Janeiro passamos a pedir factura, para sermos também nos os fiscais que o estado não tem, é muito bonito dizerem que assim haverá menos fuga aos impostos e tudo o mais, que é a verdade, o sector facilmente foge, e tudo e tudo, e ai que lindo,  mas desculpem lá, e elucidem-me se eu estiver errada. Para não variar, no final o valor do IVA será apenas mais uma carga nas costas do consumidor final. Já não estará o belo do português com as costas demasiado arqueadas?! Caramba, querem poupar nas despesas e tal só acontece com as pequenas atrocidades como os cortes, maioritariamente, pelo redução do custo da mão de obra, isto claro, com a abébia do Tribunal que acha tudo muito inconstitucional, mas por este ano até deixa-se passar, e continua-se a ver quantidades alarmantes de dinheiros públicos a serem gastos em institutos da verdadeira treta...
Cansada de atitudes de merda, e da apatia que se vai vendo neste país.

Há coisas que são para ser

E é-me dada a notícia, para que eu não conte ainda a ninguém, mas que a separação era oficial… Sabia que desde a viagem, que ela tinha ficado demasiado concentrada em ser feliz, e sabia que não era feliz com ele… Ela olhou para dentro, avaliou as relações à sua volta (até a minha, tão recente, tão sem bases) e resolveu ter a coragem e dar o passo em frente. Cada um irá seguir para seu lado.
Mais um caso para que eu acredite que a coisa nunca irá funcionar ao certo se só um dos lados for o único a ceder.
Por muito que se goste, a falta de confiança e a constante preocupação em agradar o outro, relegando o seu eu não funciona… e é uma pena.
Se calhar foi por isso mesmo que ainda não tinha surgido um bebe… no fundo, ela não tinha essa vontade, porque sabia não ser feliz… Não sei. Espero que os obstáculos que se avizinhem sejam passageiros e resultem em muita alegria, para ambos. O tempo dirá.

Domingo

Foi dia de visitar o Buddha Eden Garden... Para uma tarde diferente, valeu bem a pena. Mas não pelo local em si. Valeu pela companhia, por ter aproveitado um dia solarengo. Talvez um dia regresse.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D