Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

E do nada...

No final de mais um dia, um dia um bocado para baixo, deitada na cama a remoer o que não deveria ser remoído, recebe-se uma chamada telefónica que me fez pular da cama(apesar de passar da meia noite), vestir-me a correr, maquilhar-me e sair... Estava a contar ir para um sítio, mas fomos para outro. Tudo bem, foi engraçado ouvir Vargas.

Foi diferente e exactamente aquilo de que estava a  precisar!

O jantar

Os amigos verdadeiros fazem tão bem!
Já me tinha esquecido das gargalhadas que nos podem proporcionar em apenas alguns segundos de conversa. A minha vida tem sido uma roda viva estes últimos tempos, época de mudanças profundas (yep, again). E com a vida agitada de todas um encontro a 5 era sempre adiado.

Ontem deu-se e fez-me tão, tão bem! Explicar o que aconteceu, ouvir o comentário dela (e estupefacção), o sorriso cúmplice que nós temos, porque a maioria das vezes já nem são necessárias as palavras! Foi bom quando me apercebi que gargalhava a bom gargalhar, possa, faz bem, faz tão bem! Principalmente depois de mais uma sessão que na terça me tinha deixado tão em baixo, ontem sorri como saberia que voltaria a fazer...

É como ela me disse para interiorizar - Um dia de cada vez e tudo se resolve.

CATRAPUM

Pois, caí, é verdade. Uma vez mais a minha vida é assim, blá blá blá, já sabemos. Mas logo de seguida e só porque me apeteceu, fui de uma ponta da cidade a outra a pé. Um pequeno passeio, para tentar tirar a mente do que me havia sido dito. Tentei apreciar a beleza da minha cidade do coração, namorei-a um bocado. Claro que sustive o coração quando me cruzei com um clone, devidamente fardado, mas talvez a confusão fosse dos olhos turvos de tanta água. Isto foi ainda pior para me controlar. Não consegui acalmar o peito, mas foi um bom passeio ainda assim. Lisboa é linda e não podia deixar a parte positiva do dia de lado.

E por alguma razão, o universo ontem quis que eu escutasse muito bem estas palavras!

"há sempre um sítio pra fugir,
se queres saber um sítio onde podes descansar.
há sempre alguém pra te agarrar, pra te esconder.
se vais cair eu vou-te ver antes da dança, antes da fuga, eu sei-te ver.
antes do tempo te mudar eu vou saber, antes da névoa te vestir e te levar,
há um sítio onde o escuro não chegou pra onde podes ir, um rio pra libertar.

há sempre alguém pra te salvar, se queres saber, se queres sentir a todo o gás.
há sempre alguém pra te dizer se vais cair pra te travar e adormecer.
antes do dia, antes da luta, eu sei-te ver.
antes da noite te sarar eu vou saber, antes da chuva te romper e te lavar,
há um sítio onde a estrada te deixou por onde tens que ir se te queres libertar.

e tudo o que for por bem, tudo o que der razão pelo ponto vai ligar.
tudo te vai unir, tudo se faz canção, no caminho de voltar, no caminho de voltar.

há sempre paz noutro lugar, entre nuvens,
um sítio onde podes perceber que há sempre alguém para te ver,
em segredo, te descobrir e renovar, e renovar."

 

Uma sexta feira diferente

Concerto de Tiago Bettencourt, Fnac Chiado... Letras que mexem comigo, que me fizeram tremer um bocado, mas de uma forma positiva... Caminho de voltar e canção de engate em especial fizeram-me pensar e sentir. Acabámos e ainda deu para foto e rir um bocado.
E segui para concerto de Valete. Sim, valete, eu que não sou fã de hip-hop. enfim. fui. E gostei muito. Principalmente sentir que as músicas que gosto foram tocadas com sentimento. Meu país e pouco depois, ter a hiper surpresa de ouvir Orlando Santos com "Since you've been gone", foi o suficiente para me levar às lágrimas. Mesmo (ando mesmo sensível)! Ouvi uma das minhas músicas favoritas e senti-a como ainda não a tinha sentido antes... e apesar de me lembrar da saudade, foi bom, foi um bom momento!
Claro que o cheiro a "incenso" estava carregadíssimo no campo pequeno, mas devo dizer que o concerto foi muito bom. E ao contrário do que muita gente pensa, a chungaria toda portou-se muito melhor do que muita gente "dita de bem". Nunca vi um concerto tão pacífico, antes durante e depois. Foi uma noite muito, muito boa, sem dúvida.

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D