Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

A vida é engraçada

No auge da minha meninice, tempos de escola primária, a minha melhor amiga era a V.. Eu, a menina pretinha, ela a loirinha de olhos verdes. Éramos uma dupla de meninas inteligentes, mas super preguiçosas, só queríamos brincar e brincar e brincar! Tardes depois da escola revessávamo-noss ora indo para a casa dos avós dela, ora vindo para a minha casa, com o pátio gigantesco. Brincávamos às Barbies ou às supermodelos (isto é um conceito tão early 90’s). Claro, ela a Claudia Schiffer e eu a Naomi Campbell. Desfilávamos felizes numa inocência que só aquela fase tem.  Infelizmente, com a minha mudança de casa houve uma afastamento normal. Não mais nos conseguimos ver, perdemos o contacto!

Aqui há uns anos atrás (assusta-me agora não conseguir precisar quando) todo o nosso grupinho de amigas reencontrou-se numa rede social, emails foram trocados, algumas palavras rápidas, mas por alguma razão não me foi possível estar presente no tão esperado jantar, para que nos pudéssemos ver e matar saudades. Como sempre nestas histórias a vida acontece e mais uma vez, o “amanhã” foi ficando cada vez mais distante. Até à passada terça-feira. Estava eu a terminar a conversa com o love, e vejo uma janela de conversação nova abrir-se. Era ela. Sorri imediatamente e ela disse a frase que eu tanto gosto “Tenho pensado tanto em ti. Temos de nos encontrar”! Ora, eu como tenho andado, ainda mais, a correr atrás do que quero fazer, disse-lhe que ela só teria de indicar o dia, que por mim era já. Eu respondi que estava combinado e desligámos o pc.

Soube-me pela vida, hoje, ter posto em dia o que as nossas vidas passaram nestes  18 anos de afastamento (18, dasse!!!). Foi ainda melhor comprovar que as nossas vidas são exactamente como deveriam ser, que ambas estamos super bem encaminhadas, que ainda partilhamos um carinho especial, valores semelhantes... No fundo que a amizade de infância se mantém. Desta vez ficou a promessa de fazer os possíveis e ímpossíveis para que o tempo não nos volte a afastar.

Na despedida, a sensação de calor foi inevitável, momentos destes fazem toda a diferença... São as pequenas delícias da vida!

Vidinha

Não era o que queria ouvir mas sei que era o que precisava ouvir.. e aquele sorriso no final n ajudou à minha ansiedade... De qualquer forma, a única certeza é de que tudo ficará bem... I just have to believe!

Páscoa

Este ano, contrário ao ano anterior deu para sorrir!
Visitar a família como sempre, brincar com o meu petiz (que deu uma abada aos grandes a jogar ao stop), comer castanhas e outras iguarias deliciosas que, estando fora do tempo, sabem ainda melhor. Ficar na conversa com a tia até altas hoas, a relembrar tempos que não voltam e a gargalhar como há muito não fazíamos. Ficar com olheiras gigantes de tão poucas horas de sono. Ser alvo de uma surpresa (não muito bem feita porque eu já estava mais do que desconfiada de que iria ter uma visita). Matar saudades, ser mimada como nunca enquanto me encontrava envolvida naquele abraço bom. Ficar a pensar que realmente não há nada como um dia a seguir ao outro. Foram uns óptimos dias, sem dúvida.

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D