Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Quando eu amo é sempre devagar

Se o vento não mudar

Vou dar até sentir

Que há uma razão

Para crer que é bem melhor existir

Eu sei Não vejo a luz em mim

Tão pouco em mais alguém

Só quis tocar o céu

Não quero mal a ninguém

Eu sei Diz-te a canção do medo

Vê se um dia o tempo não vos traz

Mas perde a noção do tempo

Quando eu amo é sempre devagar

Não vejo a luz em mim

Tão pouco em mais alguém

Só quis tocar o céu

Não quero mal a ninguém

Eu sei Diz-te a canção do medo

Vê se um dia o tempo não vos traz

Mas perde a noção do tempo

Quando eu amo é sempre devagar