Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Sinceridade

Não sou grande entendida em relações amorosas. Não tive muitas e namoros só um mesmo. Sou um bichinho dificil de aturar, mimada e chata (por vezes). Mas apesar disto, sempre achei que não posso desenvolver uma relação com ninguém sem que haja total sinceridade da minha parte. Em tempos pus este pensamento em causa, achando que há coisas de que não peciso saber. Mas a verdade é que preciso. É nisso que acho que uma relação tem de ter, a 110%. É necessário, a meu ver para que a confiança possa florescer. E é bom confiar, é bom poder expôr as minhas dúvidas a quem amo, mesmo quando esses medos são um pouco dolorosos de falar! Já antes tinha-me arrependido de ter sido sincera, a dor disso marcou-o para a vida, o moço não esquece nada (bolas), nem mesmo aquela pequena frase dita no calor do momento, totalmente descabida. Mas mesmo assim, sinto-me bem melhor ao não ter um único segredo para com ele... é assim que gosto, é assim que me sinto bem.. é assim que eu quero que a nossa relação seja! E saber que mesmo doendo sabemos desenvolver uma conversa sobre certas questões, ele dando o seu ponto de vista e tentando sempre chegar a um consenso... fico nas nuvens!

Vamos construindo, assim, uma relação que apesar de feita de contastes e diferenças bem à vista, é perfeita!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Ah, as minhas ideias para prenda de natal...

    08 Novembro, 2013

    Apesar de estar a fugir a sete pés da ideia de que já estamos quase a entrar na época (...)

  • Bom, bom é ter uma overdose de Ilvico!!!

    09 Julho, 2013

    Neste momento encontro-me com uma das gripes mais ESTÚPIDAS dos últimos tempos (sim, gripe (...)

  • Merda para isto

    31 Julho, 2012

    O meu 6º sentido dá-me uma trabalheira desgraçada. É isso mesmo, agasta-me, pura e (...)

  • Do crescimento pessoal

    25 Outubro, 2010

    A sabedoria não nos é dada. É preciso descobri-la por nós mesmos, depois de uma viagem (...)

  • The L word

    25 Outubro, 2010

    De vez em quando, em noites como a de hoje, em que o sono teima em aparecer tardíssimo, (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D