Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Provas de amor

Não é preciso muito para perceber que a vida é feita de altos e baixos. Aqueles momentos em que estás em pleno céu, e os outros em que cais de forma tão brusca, tão forte que formas um cratera imensa. Passamos da profundidade à maior das altitudes, nesta constante que é a vida. E aprendemos a amá-la assim mesmo. Aprendemos que devemos amar sempre a nós mesmo primeiro, que a única vida que temos é a que nos foi atribuída. Acabas por interiorizar que, no final de contas, os sentimentos não se transmitem, são tão nossos, que a tua vida é só tua, tal como o que sentes. Queres arriscar e voar, aprendendo a calcular os riscos e sabendo que te poderás magoar. Não te importas. A vontade de ser projectada novamente para cima fala mais alto... E dás por ti, no chão, mais uma vez, caramba que ciclo! Abres os olhos, enxugas as lágrimas e habituas-te à sensação de ir buscar forças. Sabes que as tens... Mais uma vez pões-te de pé, vitoriosa. Continuas caminho, és feliz  e de repente, como que de uma  revelação se tratasse apercebeste desta constante, de cair e levantar. Apercebeste que tens essa força, mas apercebeste mais ainda de como gostarias que da próxima vez que caísses, tivesses a sua ajuda para te levantares.

Porque no fundo é só isso que queremos... Provas de que vale a pena cair.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D