Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Alive 13

Era suposto marcar presença nos 3 dias. Era, não foi claro. A minha sexta não foi de todo um dia Optimus e o cansao de sábado fez com que não conseguisse marcar presença. Mas ontem lá tinha de ir, afinal queria mesmo vê-los. Depois de um percalço, lá me dirigi para o recinto, sozinha!
Foi engraçado poder vaguear pelo recinto sem me preocupar em perder alguém de vista. Estava relaxada e seguia o meu ritmo.

Bandas de que tinha curiosidade, a maioria tinha sido na sexta feira, mas não deixei de espreitar Of monster and men que acho que foi dos melhores concertos do dia, a Blaya para perceber o que ela faz para além dos Buraka e a única coisa que consegui perceber foi que ainda não se encontrou como artista. E que todo o concerto transpirava sexo, meu deus.. Segui para o palco principal, ver Phoenix que deram um concerto porreirito.  Quando começaram Kings percebi logo pela primeira música que estavam ali para despachar o repertório e irem para casa.
Isso é o que mais me incomóda, num concerto espero que haja interação com o público, envolvimento. Ali não houve nada disso. Falta muito a componente entertainer dos moços, nisso têm de aprender com o lindinho do Eddie Vedder. Isto o lado negativo, porque pelo positivo, Jesus! São bons, muito bons músicos. Acredito que valha a pena ver uma banda quando ela é assim tão boa. Claro que sendo a Closer a terceira música a ser tocada - e tão, tão bem - fiquei com a sensação de que podia ir embora naquele momento. Mas fiquei, fiquei e apreciei o resto do concerto. Foi numa nota calma todo o concerto, mas achei engraçado quando pessoal se queixava de que o concerto foi uma seca. Normal, quando se conhece apenas uma, duas músicas no máximo é capaz de desiludir. Eu gostei, apesar de não ter sido brilhante foi um concerto que valeu a pena. tocaram os singles que tinham de tocar, achei o use somebody um momento especial - da vista privilegiada que tinha, deu para perceber o público a aderir - e foram embora.
E foi isto, mais um Check na minha lista, menos uma banda para ver.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D