Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Há dias agressivos. E depois há dias com a minha família!!!

Este era um dos fins de semana que eu mais aguardei nos últimos tempos. Finalmente  o primo e a tia vinham para Lisboa para aproveitarmos. Os planos eram sair um dia para o inglês aproveitar a noite lisboeta, ir à praia e aproveitar ao máximo. Nunca pensando que este máximo seria levado tão à letra...

Claro que para começar atrasaram-se e em vez de chegarem as 23h30 era 00h30 e ainda tentavam arranjar estacionamento na minha casa! Preparar e não preparar, apanhar a prima e depois de muito tentar apanhar a amiga da tia, eram 2h30 quando seguimos para beber as belas das caipis e comer o belo do pão com chouriço (sim, começámos pelo fim). Quando seguimos para a disco, já quentinhos, eram 4h da manhã. Nunca na minha vida pensei que nos fossemos divertir tanto. Ainda vimos os cantores, rimo-nos quando o Marco do BB (demorei 10m a tentar perceber quem era porque para mim Marco, só o do pontapé) meteu-se com a nossa amiga (tão bronco que não percebeu que estava a ser gozado, oh sorte). Tirar fotos com ele, com os gémeos, muita palhaçada. Descobrimos que isso de ir a sunset’s “é demasiado mainstream”, nós é mais sunrises, 8h e saímos porque calculámos que a música iria decair... Qual quê, mal pusemos os pés cá fora percebemos o erro, ainda pensámos em regressar. Tal era a vontade de não acabar que seguimos para a praia. Mas como ir para a praia da linha era demasiado fácil, decidimos seguir para a Arrábida. Conduzir aquilo tudo depois da agressividade da noite foi dose, mas lá consegui. Chegados à praia, foi deitar e dormir. Não conseguimos fazer muito mais, mal aproveitámos o facto de termos um local só para nós. Depois de começar a ressacar e sentir uma fraqueza terrível por não ter comido nada, lá fomos para o parque das merendas encher o estômago. Viagem de regresso e quando pensávamos em descansar do longo dia, toca de ir jantar a casa de tia. Mais conversa, mais planos feitos, mais riso e seguimos para o Bairro. Encontrar amigos de outras aventuras, tecer teorias sobre pernas de mulher, verificar qual das duas primas atacava mais a bebida e ver as horas passar. Apesar de estarmos todos de rastos, percebemos que estas noites não acontecem sempre e lá decidimos  continuar a conversa até às 5h da matina. A sensação de chegar a casa, à cama foi completamente indiscritível. O resto do dia passou num sopro (isto de acordar às 15h00…). Almoço de família, passeio na Peninha (o primo adorou o local), perdermo-nos de amor pelos gémeos.

Apesar de não ter sido possível comer o gelado conseguimos que fosse o fim de semana mais bem aproveitado dos últimos tempos. a Expressão "dias compridos" ganhou assim todo um novo significado para nós. Assim vale bem a pena.  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D