Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Há dias agressivos. E depois há dias com a minha família!!!

Este era um dos fins de semana que eu mais aguardei nos últimos tempos. Finalmente  o primo e a tia vinham para Lisboa para aproveitarmos. Os planos eram sair um dia para o inglês aproveitar a noite lisboeta, ir à praia e aproveitar ao máximo. Nunca pensando que este máximo seria levado tão à letra...

Claro que para começar atrasaram-se e em vez de chegarem as 23h30 era 00h30 e ainda tentavam arranjar estacionamento na minha casa! Preparar e não preparar, apanhar a prima e depois de muito tentar apanhar a amiga da tia, eram 2h30 quando seguimos para beber as belas das caipis e comer o belo do pão com chouriço (sim, começámos pelo fim). Quando seguimos para a disco, já quentinhos, eram 4h da manhã. Nunca na minha vida pensei que nos fossemos divertir tanto. Ainda vimos os cantores, rimo-nos quando o Marco do BB (demorei 10m a tentar perceber quem era porque para mim Marco, só o do pontapé) meteu-se com a nossa amiga (tão bronco que não percebeu que estava a ser gozado, oh sorte). Tirar fotos com ele, com os gémeos, muita palhaçada. Descobrimos que isso de ir a sunset’s “é demasiado mainstream”, nós é mais sunrises, 8h e saímos porque calculámos que a música iria decair... Qual quê, mal pusemos os pés cá fora percebemos o erro, ainda pensámos em regressar. Tal era a vontade de não acabar que seguimos para a praia. Mas como ir para a praia da linha era demasiado fácil, decidimos seguir para a Arrábida. Conduzir aquilo tudo depois da agressividade da noite foi dose, mas lá consegui. Chegados à praia, foi deitar e dormir. Não conseguimos fazer muito mais, mal aproveitámos o facto de termos um local só para nós. Depois de começar a ressacar e sentir uma fraqueza terrível por não ter comido nada, lá fomos para o parque das merendas encher o estômago. Viagem de regresso e quando pensávamos em descansar do longo dia, toca de ir jantar a casa de tia. Mais conversa, mais planos feitos, mais riso e seguimos para o Bairro. Encontrar amigos de outras aventuras, tecer teorias sobre pernas de mulher, verificar qual das duas primas atacava mais a bebida e ver as horas passar. Apesar de estarmos todos de rastos, percebemos que estas noites não acontecem sempre e lá decidimos  continuar a conversa até às 5h da matina. A sensação de chegar a casa, à cama foi completamente indiscritível. O resto do dia passou num sopro (isto de acordar às 15h00…). Almoço de família, passeio na Peninha (o primo adorou o local), perdermo-nos de amor pelos gémeos.

Apesar de não ter sido possível comer o gelado conseguimos que fosse o fim de semana mais bem aproveitado dos últimos tempos. a Expressão "dias compridos" ganhou assim todo um novo significado para nós. Assim vale bem a pena.  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D