Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Há dias assim

 

 

Há dias em que sentimos não ter força para nada…

Há dias em que duvidamos de tudo o que somos…

Há dias que a auto-confiança está nos mínimos dos mínimos…

Há dias em que a força de vontade e mesmo a de viver nos foge por entre os dedos…

Há dias em que achamos valer menos que um grão de areia…

Há dias em que acreditamos que o melhor é desistir…

Há momentos em que os problemas tomam conta de nós de tal forma que esquecemo-nos de todas as forças que fomos juntando ao longo da vida para melhor enfrentar a mesma...

Há dias em que a saudade, o medo e a incerteza tomam conta do nosso ser e despoletam todos estes sentimentos negativos…

 

 

E depois há noites em que, milagrosamente, alguém diz exactamente aquilo que tínhamos medo de dizer até em voz alta (ou para as amigas mais próximas), e faz-nos sentir melhor, o anima o nosso espírito e principalmente, aviva a nossa memória das reais capacidades e características positivas que temos.

Sob um luar magnífico, a sentir a areia nos pés à medida que as ondas também os vão beijando, as luzes da cidade ao longe para nos deleitar e um ventinho quente a acariciar-nos o corpo só demonstra que um dia ordinário pode facilmente tornar-se extraordinário!

Mesmo com dúvidas existências, mesmo dividida e perdida nos mil pensamentos e caminhos a tomar, hoje consegui enfrentar o dia um pouco melhor, só porque tive quem me retirou do pequeno buraco em que começava a entrar.

 

Se eu podia viver sem amigos… é obvio que não!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D