Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

A verdade é que

Eu devo andar a dormir! E não sou a única para só agora ter reparado nisto:
"No dia 25 de janeiro, a Assembleia da Republica aprovou uma proposta do Governo que permite privatizações no setor dos resíduos e subconcessões nas águas e no saneamento, com os votos contra de toda a oposição.

A proposta de lei "viabiliza a concessão de sistemas multimunicipais de resíduos sólidos urbanos a entidades de capitais maioritária ou totalmente privados e a subconcessão de sistemas multimunicipais de águas e de saneamento de águas residuais a entidades de natureza também privada, de forma a permitir a implementação da estratégia acima mencionada".

Das carneiradas

Acho mesmo engraçado aquelas pessoas que, afirmam a pés juntos, detestar a Merkel. Aprecio os comentários de gentes assim porque no fundo, são simplesmente carneiros. É ver nas redes sociais e que tais, tanta e tanta gente, com comentários do género e ponho-me a pensar “será que este comentário tem algum fundamento por parte de quem o divulga?”. Posso dizer que em 90% dos casos, as pessoas usam a mulher como simples bode expiatório, pura e simplesmente porque sim. Eu não desgosto da Ângela, mas também não gosto! Sou uma das pessoas que ainda não se deu ao trabalho de ir verificar as suas ideologias e se, na prossecução dessas mesmas ideias, as implementa de forma correcta ou não. Por pura preguiça, verdade, é o mea culpa. Prefiro assumir um “não tenho opinião” ao transportar na boca um “detesto-a” só porque toda a gente parece detestar. Lamento, não sou assim. E algo me diz que devíamos ser todos um pouco mais assim, parar e pensar antes de nos juntarmos ao bando...

Digo eu que agora deu-me para divagar já que a minha cabeça deu nó durante o expediente. Bem, já desanuviei, back to work!

Rejubilemos

A partir de Janeiro passamos a pedir factura, para sermos também nos os fiscais que o estado não tem, é muito bonito dizerem que assim haverá menos fuga aos impostos e tudo o mais, que é a verdade, o sector facilmente foge, e tudo e tudo, e ai que lindo,  mas desculpem lá, e elucidem-me se eu estiver errada. Para não variar, no final o valor do IVA será apenas mais uma carga nas costas do consumidor final. Já não estará o belo do português com as costas demasiado arqueadas?! Caramba, querem poupar nas despesas e tal só acontece com as pequenas atrocidades como os cortes, maioritariamente, pelo redução do custo da mão de obra, isto claro, com a abébia do Tribunal que acha tudo muito inconstitucional, mas por este ano até deixa-se passar, e continua-se a ver quantidades alarmantes de dinheiros públicos a serem gastos em institutos da verdadeira treta...
Cansada de atitudes de merda, e da apatia que se vai vendo neste país.

Belo trabalho

Com esta decisão da treta do tribunal constitucional, abriu-se caminho (uma auto-estrada diria) para, mais uma vez, realizar o que tanto se esperava... Com a desculpa de ser justo, iguala-se a condição dos portugueses "por baixo".

Não haverá subsídios para ninguém, como tantos e tantos esperavam!

Daqui a uns meses comprovar-se-á.

Está tudo parvo, só pode!

Quanto a esta notícia do Público, e consequentes comentários que vejo sobre a mesma na pagina do facebook, percebo que realmente Portugal encontra-se no estado em que está porque simplesmente merece!
O português é pequenino por defeito, detêm-se com questões que nada interessam para a resolução dos problemas. É atado, umbiguista e tão cedo isso não se irá alterar.
Olhando por alto, vejo que cerca de 80% das pessoas diz que sim, "está de acordo, já deviam ter sido fechadas fronteiras há muito, que os emigrantes entram para mamar o que é dos portugueses" e outras pérolas que tais. Mas esta gente não abre os olhos e percebe que tudo o que seja estrangeiro fora do espaço Schengen, não tem direito a gozar dessas "portas abertas". Vejo comentários a falar de chineses, etc... Mas anda tudo parvo.
A notícia recaí sobre os estrangeiros do espaço europeu, ou seja, dessas pessoas que dizem que essa mesma medida devia ter sido tomada há mais tempo, tenho a certeza que conhecem alguém que, com certeza, aproveitou o afundar do país para se dirigir para um desses países! Quer dizer, todos os dias os telejornais falam da vaga de emigração que está acontecer em Portugal, optando muitos pela França, Suíça e Alemanha (sei lá de quantos conhecidos já não se puseram a andar para estes destinos) e vêem-me estes mega otários, mentecaptos dizer que muito bem... num mundo como o de hoje em dia?

E o pior ainda é mesmo que continuam a achar que o mal do país sao os estrangeiros que lhes roubam os empregos, e “ai jesus que os outros vêem roubar o que é nosso”.

A minha questão é: Até quando o Português vai continuar a basear-se em detalhes e começar a olhar para  bigger picture.
“Aí porque os subsídios são pagos a estas gentes,” sim, é uma injustiça, mas e quanto à injustiça de vermos bancos como a CGD a investir milhares de euros em capitais de risco, cujos beneficiados serão apenas alguns (elites), ai já não há queixas?
Dá vontade de dizer: Portugal, cresce e aparece!

 

 

Actualidade

E agora toda a gente dá a sua opinião, mais do que repetitiva, em relação à atitude do polícia. Agora aponta-se o dedo, os polícias são todos maus, são o bode expiatório do momento. Só é pena ninguém perceber, ou muito poucos vá, que tudo isto é sempre bem mais profundo e complexo do que se quer fazer parecer...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D