Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Dia 2

Domingo,

começámos o dia a realizar um dos meus sonhos… Subir o morro da Urca. Durante a caminhada até ao morro, e após comprar a minha primeira água de coco, comecei a sentir que sim, que estava no rio que o meu sonho iria começar. Avistámos macacos, fizemos a subia duríssima do morro onde a vista era simplesmente deslumbrante, ficámos a ver os aviões a aterrar, provei as bolas de queijo, o açai (fiquei mega fã), o suco de manga e um pastel de carne enquanto descansávamos para voltar a descer. Aproveitar o calor para dar um mergulho na praia vermelha.
Durante a tarde, seguimos para o shopping. Almoçamos, compramos coisas que não interessavam a ninguém, mas cambio que é bom e que eu tanto precisava, nada! Seguimos para Copacabana, sem grandes planos, fomos procurar um local com um bloco de carnaval para aproveitarmos a euforia que é a cidade nesta época. Enquanto as marias pediam umas caipirinhas, fiquei por momentos no meio da praia a sentir toda aquela atmosfera. As nuvens negras a aproximarem-se, a humidade a aumentar, as pessoas felizes, alegres, os sorrisos, os grupos animados entre si e um francês lindo que se dirigiu a mim para meter conversa. Nessa tarde tive a certeza de que ali é, de facto, fácil cair em tentação. Aquela cidade tem algo que nos remete para isso mesmo. Mas fui forte e cingi-me aos sorrisos. Pouco depois, seguimos para o bloco e a meio começa a trovoada. A verdadeira tempestade tropical e nós ali, a sentir aquela chuva divinal a cair enquanto ouvíamos e dançávamos com um grupo improvisado de samba na avenida. Foi dançar até ter os trovões em cima de nós, que nos obrigaram a dispersar. Abrigámo-nos nas barracas onde, mais tarde se viria a dar a minha odisseia do biquíni. Ficamos a ver alguns enquanto esperávamos fazer tempo, mas como não acalmava, seguimos a pé… Já encharcadas encontrámos um bloco onde reinava a euforia, não resistimos e juntámo-nos à multidão que parou o trânsito e dançava alegremente. Até descobrir que a T. tinha perdido o top comprado nessa manhã! Toca a voltar atrás, pelo meio do transito, a ver em todas as poças que a água formou até que, lá estava o dito em plena calçada de copa. Voltamos para a folia por uns segundos até que decidimos começar a pensar numa forma de regressar a casa… a uma distancia grande, nenhum táxi iria aceitar levar-nos para casa, ao que decidimos ir a pé… já depois de uns 10 quarteirões, surgiu a lembrança da hipótese do metro, não nos deixava em casa, mas um pouco mais perto. Assim foi, metro, autocarro, tudo com pequenas boas surpresas peço meio, gente a preparar-se para os desfiles de domingo na Sapucaí, momento Sardinha em lata no metro, momento correria para apanhar o ultimo autocarro, ou melhor, ultimo Ônibus, chegar a casa a pingar e ver que o primo já tinha chegado de viagem.

A trupe estava completa.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D