Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Há sempre algo que não tem explicação

Como explicar que não é loucura, não é desejo, nem sequer saudade… É um sentir que não é meu, é o tomar para mim sensações que não me pertencem. É saber que há uma conexão forte, sem sequer perceber como ela se deu. É confirmar que não sou eu que sinto falta mas que há quem sinta falta de mim, eu dar-me conta é um bonús. É não saber como me desligar!
É sentir-me confusa e, na verdade, com medo de que ainda não tenha passado e de que ainda vai custar. São os fantasmas, esses desgraçados, que meia volta me rodeiam só para me lembrar que hei-de sentir até ao fim dos meus dias. E é isso, é o que sinto que não sei como transmitir ou sequer partilhar para que me possam acalmar. Sentir-me louca, sabendo bem que não são loucuras de amor… É saber que é muito mais do que aquilo que aparenta ser…

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.