Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Acho que me repito.. Mas não faz mal

Olho à minha volta e as minhas amizades ora estão apenas preocupadas em pagar contas, ora em casar e ter filhos! Ora, cada um sabe de si e dos seus projectos de vida. Mas começa a fazer-me uma confusão dos diabos apontarem-me o dedo quando eu digo que vou passear, viajar ou então quando tenho planos que envolvem sair, dançar e beber ou jantar fora a meio da semana. Não poucas vezes olham para mim como se eu fosse uma troglodita esbanjadora, e dizem-me com aquela cara de sofrimento quando eu convido para algo “ah pois, não tenho dinheiro”. Entendo que vocês fizeram a vossa escolha, mas não olhem para mim como se eu tivesse ganho no euromilhões. Não tenho culpa de gerir tremendamente bem o meu salário. Não tenho culpa de optar por ter dinheiro para pequenas viagens ou desejos de ultima hora em detrimento de um carro novo, XPTO, ou do último modelo de smartphone (já não posso com as maças à minha volta). Aliás, o meu computador é o mesmo desde há 13 anos e enquanto der para formatar e comprar um ou outro componente, irá ser o mesmo.  As opções que fazemos são isso mesmo, não hajam como se fossem uns coitadinhos porque a vossa vida não é mais do que trabalhar para pagar contas. Foi a vossa escolha, deal with it.

Isto poderia passar-me ao lado se não fosse a cara de infelicidade de uma ou outra pessoa que trago no coração. Por alguma razão vejo espelhado naquela cara o descontentamento com certas situações na sua vida e em nada posso fazer para ajudar. Deixo andar (cada vez mais afastada, é um facto!) na esperança de que as nossas vidas continuem a estar cruzadas.

Agora, não me apontem o dedo por eu ter escolhido aproveitar a vida antes de me dedicar a outros sonhos que sei que me irão condicionar para sempre.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D