Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Déficit de atenção e hiperatividade

Imaginai este cenário: pombinhos a matar saudades, beijo daqui, amasso dali, converseta… Pára-se para mudar de canal e procurar os de música para ficar de fundo. Enquanto fazia zapping um pouco trémula enquanto uma barba passeava-se-me pelo pescoço, dou um salto tamanho XXL, afasto-me e começo aos gritinhos toda contente porque estavam a dar uns bonecos que via quando era muito miúda... sou ou não sou um problema grave de manter a atenção ao que estou a fazer? Sim eu tenho alguns problemas, fazer o quê…

A minha jornada começou...

Estranho ouvir outra pessoa dizer que, após tudo o que já aconteceu, é de exaltar a minha força de vontade, o meu autocontrolo. Ouvir que é preciso ser extraordinariamente forte, psicologicamente falando, para manter-me no trilho e não perder completamente o norte, não é de facto para qualquer um. Sentir que consegui emocionar a outra pessoa demonstrou-me que, de facto, já não poderia ser forte por muito mais tempo. Que as minhas dores são válidas e que não são sinónimo de fraqueza. Que a história de ter sido forte por demasiado tempo não é uma frase feita, de facto aplica-se. Bastou uma conversa sincera para perceber atitudes. Verdade que me irritaram certas coisas que ouvi, de tão óbvias, mas necessitava ouvi-las.

Remexer no passado custa, afinal eram questões que já tinha enterrado à vários e vários anos. A única diferença é que desta vez, valerá a pena, tem de valer a pena!

A ver como acaba...

Wanna play Freud?

O significado do meu "maravilhoso" sonho de hoje, que, entre outros acontecimentos estranhos, consistia em transportar um morto numa caixa para entregar a alguém, mas como se de qualquer bagagem se trata-se,  deve ser o meu subconsciente a demonstrar a minha necessidade de me livrar de algum peso morto, só pode.e isto foi só parte do sonho..

Eu tenho problemas graves, eu sei!

Butes* lá pedir coisas

* Palavra desenterrada lá do fundinho do baú!

 

Senhor pai Natal... A minha lista de prendas este ano (tal como o ano transacto) não se espera muito extensa. A verdade é que não ando assim muito pedinchona, só uma coisita daqui e outra dali. Como sei que é uma altura de muita azáfama aí para os lados do Pólo Norte, vou tentar ser o mais sucinta possível.

 

Para começar, não me importo nada de receber as chamadas prendas da treta. Umas meias dão sempre jeito, e se forem de bom algodão melhor, umas pantufas já fazem falta, e os chocolates são sempre bem vindos.

Vi um conjunto na loja gato preto - um bule, açucareiro e leiteira - fofo que nem. É baratinho e tudo, se puder ser, agradecia, poupava-me uma ida ao shopping nesta época de confusão levada ao extremo.

Preciso encontrar uns sapatitos engraçados,  assim meio pró pipis, que sejam como uma verdadeira pluma, pois ambos sabemos da merdinha do difícil que é eu encontrar algo com que os meus fabulosos pés aguentem!

Por último, se me quiseres presentear com uma chapadona aos senhores das greves que a querem fazer dia 23, 24 e 25, complicando ainda mais a vida de todos aqueles que precisam fazer viagens um tanto longas, para estar com a família, também estás à vontade.

E só mais uma coisa... Se quiseres explicar-me se há ou não alguma afinidade entre ti e o sr. Deus, agradecia... É que tenho uma outra lista de desejos para pedir para o ano que aí vem, e se metesses uma pequena cunha por mim podia ser que conseguisse algo! Vai pensando nisso.

Aproveita bem a distribuição dos presentes, como se fosse a última (não vão os Maias ter razão não é).

Beijo

Para desanuviar um bocado, que o cansaço mental já é demais...

Fiz algo impensável ontem e joguei no euromilhões. Sim, eu, que sou daquelas que pensa que esses 2€ dão perfeitamente para umas belas de umas gominhas, ou na melhor das hipóteses para um gelado (oh the child in me).

Mas ontem, do nada, pensei em marcar lá sei lá quantos números, os primeiros que me vieram à cabeça, pegar na canetinha e entregar ao senhor simpático do quiosque. É o que dá, ter de esperar para comprar o passe mensal e precisar de ocupar o tempo nos entre tantos.

Aviso desde já que a minha primeira tarefa como nova milionária, não será nenhuma excentricidade, mas sim adquirir um carrinho. E desengane-se quem acha que quero o BMW XPTO, não, basta-me o novo Chevrolet, bi-fuel GPL (que é melhor para o ambiente e para o bolso). Citadino e tal, era mesmo isso.

De seguida comprar a casinha pra mummy, para mim, e pagar as dos titios.

Não iria desistir de trabalhar, não fui feita para ser dondoca o resto da vida!

Colocava dinheiro a render num banco qualquer (contactava depois os amigos que conheço para me explicarem qual seria o mais apropriado).

Iria entregar uma grande parte do dinheiro a instituições de solidariedade  e a famílias carenciadas, estas ultimas em mão (simplesmente porque acredito que dessa forma, faria muito mais gente feliz, e não há nada melhor do que dar).

Quanto aos amigos de ocasião, tirando uma possível viagem para me fazerem companhia, não iam com muito mais sorte... hehe.

E é isto, com os primeiros milhões, com os restantes logo se via...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D