Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

É quando a amizade transpõe oceanos!

Deixaste-me a pensar seriamente em tudo o que falámos... E claro, principalmente o as ideias trocadas sobre este cantinho!

Já tinha pensado em cancelar o blog, em escondê-lo, em acabar simplesmente, mas sempre que o fazia, relia o que já foi escrito e relembrava-me da verdadeira razão para o ter criado.

Sim, é o meu pequeno diário on-line, mas também há quem o leia, mesmo que apenas de quando em vez, mesmo que pessoas amigas que me dizem gostar daquilo que lêem! Se poderia comprar um como os demais da minha infância, daqueles de papel, podia, mas não era a mesma coisa, há uma comodidade inerente a eu ter este espaço sempre disponível seja onde eu estiver.

Contudo, sei que o que me disseste é verdade. Há quem leia este espaço, e devo sempre recordar-me da linha ténue que é delineada para não me expôr demasiado. Mas, simplesmente com o passar do tempo, vamos escrevendo, debitando aqui a vida, e deixamos de verificar correctamente se essa linha já não ficou lá atrás.

Vou tentar estar mais atenta àquilo que escrevo, embora continue a usar este local como até aqui, par desabafar. Apenas irei tentar faze-lo de forma mais reservada.

(E embora este texto seja escrito na segunda pessoa, directamente para ti, espero sinceramente que não o leias) LUV YAH!

Quem tem mãe tem tudo

Pelo menos a minha deixa-me com este pensamento na cabeça. Não é apenas minha mãe,mas minha amiga e confidente. Não conto tudo (acho que há coisas que não devem ser contadas), mas quando o caso são problemas sim, apelo ao seu conhecimento da vida.

É uma sobrevivente, já passou por muito, e se cheguei a perdoar algumas das suas falhas (que foram graves) foi por saber o quanto a vida já a testou.

Hoje mais uma vez apelei ao seu colo, ao seu mimo e consolo. Não me disse nada que eu já não soubesse, mas lembrou-me que há certos caminhos que não poderão ser arrepiados. Cheguei até aqui, irei muito mais longe, acredita.

Vou acatar os conselhos dados... E é nestes momentos que sei ter, não a mais perfeita, mas a melhor mãe do mundo.

Rumo ao SUL?!?!

E é quando resolvo mais uma vez dar a volta por cima, a vida dá-me um pequeno incentivo como que a indicar que é esse o caminho!

O convite partiu dela, com o ultimato de que devia aceitar sem sequer pensar nisso! E devo dizer que se fosse outra pessoa não teria seguido o conselho.

Vou, mesmo sem ter propriamente dinheiro para andar a gastar nestas coisas, vou aproveitar momentos com uma das pessoas que mais está presente no meu coração!

E seja o que EU quiser!

 

Bom fim de semana para mim porra, que eu mereço!

 

"Everytime i think about it, It feels like a bullet" by you

Desculpa-me amor por não puder ajudar-te nesse bocadinho, já que não tenho conhecimento de causa nesse campo.

Desculpa-me por não saber como abordar certos temas, por nunca os ter vivido.

Desculpa-me por, naquele momento, apenas me importar com a tua real opinião, e se dizias que sim, não me lembrar de pensar no teu pedaço que poderia estar a dizer não.

Desculpa-me por não me aperceber até que ponto poderias querer ir para a frente, lutar contra tudo e quem sabe no fim, dares-te bem.

Perdoa-me esta minha mania de dizer-te prontamente o que acho, e qual o seguinte passo a dar.

Perdoa-me se fui precipitada ao dizer-te que não estavas pronta.

Perdoa-me por  fazer-te ver que para ti, era o ideal.

Perdoa-me se as minhas palavras foram também elas um motivo para realizares uma proeza que te mancha para a vida.

Desculpa-me se tudo isto faz de mim uma má amiga... Mas só agora, quase um ano depois apercebo-me disso!

Perdoa-me pelo atraso.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D