Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Comer, é só o que esta gente sabe fazer

E um encontro que deveria ter demorado 4h estendeu-se pela noite toda. Jantar regado a gargalhadas, seguido de borga até as 6h00, sem que ninguém se percebe-se ao certo como é que a noite tinha passado tão rápido. Repetir jantar em família e voltar a deitar-me já o dia ia alto. Acordar e preparar para almoço que durou a tarde toda. Como se não bastasse ainda fomos espreitar o “festival do hambúrguer” seguido de cocktails. Ainda deu para encerrar a noite com chocolate quente! Uma vez mais, momentos simples provam ser a melhor coisa do mundo.
Um fim-de-semana que deixa saudades, que prova que o bem mais precioso é o elo que existe. Um fim-de-semana repetir com igual vontade de dançar, de aproveitar o momento, de querer estar com quem se ama. Cansada fisicamente mas de recarregada no que a boas energias diz respeito. Claramente, o amor também alimenta.

Fim de semana num correrio

Sexta feira, sair do ginásio, encontrá-los na estação e seguir para casa. Pequeno-almoço demorado, saboroso e relaxado. Chegada à praia para a aula de surf, aquecimento que me deixa de rastos, nevoeiro cerrado, braço deslocado e aproveitar para ir almoçar. Regresso à areia, convívio curto com amiga de infância, luzes sobre o que comprar para iniciar-me “à séria”, regresso a casa para preparar jantar. Cansaço extremo e mesmo assim arrastam-me para borga nocturna. Poncha para matar saudades, caipirinha da praxe e siga para a dança até à 6h da manhã, todo o tempo a ser completamente perseguida por “um apaixonado”. Chegada a casa às 7h30 não sem antes tomar o pequeno-almoço saboroso numa pastelaria. Acordar ainda muito cansada, preparar almoço em família, adormecer com cansaço, despedida, preparar todo para dia seguinte e finalmente dormir o sono reparador que merecia.

Soube bem, muito bem mas hoje estou toda rota por ter trocado os horários de sono…

Isto de aproveitar todos os momentos

É tudo muito bonito chegar o verão e querer aproveitar ao máximo os momentos que se possam vir a ter. Nos fins de semana dizer que, embora seja domingo, há que aproveitar que a vida são dois dias e um deles já passou... Depois de muitos meses, toca de ir dançar que já se tinha saudades. Saber das novidades, ficar contente por vê-la com o sorriso de felicidade. Ficar contente com a noite boa que foi.
Claro que chegar às 4h00 da manhã a casa e hoje trabalhar não é fácil, mas é bom saber que valem a pena sacrifícios destes...

Meninos, senhores e que tais... Atentai.

Nós gostamos que nos façam rir. É caracteristica que qualquer lady dirá que pretende no homem dos seus ssonhos – facto!

Agora acreditem, quando uma rapariga sai à noite e até acha graça ao que vos sai pela boca, porque vocês até são genuinamente engraçados, nem sempre significa que estão com vontade de ir com vocês pra cama (ou trocar numeros de telefone). Pode ser só uma rapariga que não bate muito bem da mona, uma parvinha que adora rir com real vontade. Alguém que saiu para dançar e acha o máximo que haja gente bem disposta e naturalmente engraçada. Não estraguem o momento ao perguntar de seguida “Onde te posso encontrar?” porque aí, a piada do momento esvai-se em menos de nada e ela pode virar o sargento que vocês temiam que ela fosse!

Go figure!

Ontem

Saída com amigo, sem estar nada combinado. A verdade é que soube bem, apesar de ser num local que em nada me atrai. Divertimo-nos, vi as figuras tristes da juventude de hoje (bateu uma saudade de ter 16 anos outra vez), não gastei um tostão e ainda bebi umas copalhadas valentes. Ontem, também foi noite de celebrar a chegada da paz, essa que tanto almejava.
Foi noite ter um "bitter sweet feeling", de interiorizar que os sentimento também se esgotam... Mas não deixou de ser uma boa noite.

Não estava nada à espera

Dias e dias a adiar uma saída... E finalmente pude aproveitar uma noite como há muito não tinha!
O jantar improvisado, o correr as capelas todas, acabar na disco do meu aniversário e dançar, como já não dançava faz muito, muito, muito tempo! Dançar como se ninguém me estivesse a ver, era esse o meu lema.
Ontem foi a noite em que não pensei em nada, quis divertir-me sem pensar muito, foi para a desgraça. Sorrir, roubar copos, aproveitar a boa companhia... Sem dúvida a melhor noite em anos!

Noitão

Finalmente, ontem pude voltar a ter aquela sensação de noite extremamente bem passada. Saída de meninas, 5 "gaijas Vouas", caipirinhas e outras coisas, risota, dança, até às 6h da manhã. Estava mesmo a precisar de uma ldies night assim.

Santo Antonio 2011

Começar a tarde com churrascada cá em casa. Jogo de cartas e muuuuuuita bebida. Seguir para Lisboa. Ver as primeiras marchas, ser agraciada pelo Filipe Gonçalves e não ter a máquina ao lado para lembrar o momento (sim, acho muita piada ao moço). Andar a comer gelados, pipas, Mcdonald's, tudo menos a bela da sardinha (que está-me mesmo a apetecer agora!). Encontrar muita gente conhecida. fazer de carrinho de choque. Pés a doer. Companhias bonitas, conversa animada,para o fim ligeiramente mais séria. Regressar a casa, chegar as 6h30, morrer pra vida! Para o ano há mais...

Sexta-feira

Jantar e vinho, conversa animada,olhares suspeitos.

Caipirinha saborosa, apostas no poker (sim, já aprendi como se joga), gastar algum dinheiro.

Máquina de jogo manhosa, ganhar 55€, dividir, beber mais uma caipi, um mojito (detestei), sorrrisos malandros e toques mais frequentes, mas como sempre o ele toca, eu fujo.

Gastar a minha metade do prémio na disco, dançar, conversar, reparar que uma rapariga não tirava os olhos de cima. Sentir-me intimidada com a situação (e divertida também). Ponderar uma aproximação da minha parte, ciúmes do outro lado. Pedido de beijo, risos da minha parte!

Martini bianco para animar, cumprimentar ex-talvez futuro - boss (um porreiro), passar para algo mais leve - safari-laranja, dois à vez, bebidos debaixo de olhares cruzados,ora ela, ora ele. Saída estratégica. Beijos e mais beijos. Descansar. Mais alguns beijos e amassos. Dormir...

Acordar, carinhos, mimos. Procurar onde comer, passear, conversa suspeita, almoçar. Convite tentador negado. Casa, sofá e dormir.

Assim se passam as primeiras horas do fim de semana!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D