Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

(+) Uma maluca que julga ter juízo

Desabafos e bocados do que vou (vi)vendo...

Olhá parvalheiraaaaaa

A Blaya é a prova viva de que, quando se têm outros assets – já viram bem aquela gaja a remexer?! Benzá deus até a mim que consigo fazer o mesmo, deixa abananada - a celulite não faz mal nenhum. Fica mal, pois fica, para nós gajas que prendemo-nos  por coisas tão superficiais. Com um rabo daqueles e uma elasticidade daquelas é uma das gajas mais desejadas que prai anda (trust me, she is)...  Ah pois é, deixemo-nos de merdas que a celulite ataca quase todas!

 

Um video fofinho pra quem não sabe quem é a moça:

 

E ainda dizem que sou má...

Disse ao moço que não dava para existir mais nada entre nós! Mesmo após eu ter cedido a uns beijitos e amassos inocentes (estou solteira, aproveito), disse-lhe que ficávamos por aqui - nem mais um bejinho, rien -  nada mais do que a amizade, da maneira mais soft e educada que consegui.

Claro que será mais um que vai andar enganado por ai, achando-se um máximo (daqueles com o ego a bater recordes históricos de tão elevado), quando na verdade a maior causa para eu não querer sequer dar a oportunidade ao moço de provar que valerá a pena é eu ter-me apercebido após apalpar que é... bom.. é minusculo (mais a roçar o ridiculamente fininho e pequeno)...Dá dó! Pode parecer malévolo da minha parte, mas é a simples realidade.

Contudo, a verdade é que fiquei com a sensação de que devia ter sido sincera. Há pessoas cuja arrogância é de tal forma elevada que necessitam de um "reality check".

Shame on me por ter sido mais uma vez politicamente correcta!

 

A verdade

É que devido à rambóia de sexta, vejo-me a tentar a todo o custo não me cruzar com os vizinhos!

Chama-se vergonha minha gente, e não me ocorreu que iria sentir tal coisa no auge da loucura...

Agora é ver-me entrar e a sair a correr do prédio.. Ah pois é, uma desavergonhada que eu sou.

{#emotions_dlg.blushed}

Como Soltar a franga pode ser um elixir natural**

* ou, como sexo louco faz um bem danado ou ainda, *mas que há homens que sabem mesmo aquilo que fazem,ui se há!

 

Ainda por cima parece que houve algo trazido da Holanda que tive de experimentar... A loucura, real loucura!

E pronto,sobre o resto da maravilhosa noite de ontem é só isto que escrevo... e que foi Booooooom. Jesus


Último post indecente de 2010

* Ou último post com o tema sexo durante alguns tempos

 

 

Quando fiz 21 anos, houve alguém que me ofereceu um brinquedo daqueles de 20cm para eu poder brincar. Fazia parte de uma private joke nossa, e levei apenas como isso mesmo, uma piada - até hoje não sei se era uma dica para utilizar em conjunto ou não!

A verdade é que se o utilizei 2 ou 3 vezes foi muito.

Sempre ouvi mulheres a falarem de vibradores e do quanto viciam, mas eu ficava muito triste por saber que a mim não me agradava de todo (salvo uma vez ao usar com o ex-babe). E foi ele mesmo que, ao saber da sua proveniência, deitou-o fora num dia em que me apanhou distraída (fiquei possessa, mas pronto, isto são outros 500). Disse-me na altura que me iria comprar outro, mais ao meu gosto (eu já tinha andado a sondar uns que já existem bem mais à frente, bonitos e fofinhos, e mais importante de tudo, robóticos daqueles que vão para afrete e para trás,e coiso e tal) e fiquei toda feliz, deixei andar. O chato é que o tempo foi passando e a burra aqui não se lembrou de obrigar o rapaz a oferecer-me o brinquedo e entretanto o namoro findou.

Portanto tomei a liberdade de dizer à minha Célia linda que era isso mesmo que queria.Um vibrador cor de rosa para as minhas noites mais solitárias (ou não). Ela olhou pra mim, a pensar que eu estava a brincar, mas logo percebeu que não. Depois de umas risadas, avisei que podem combinar todas, juntam-se e eu ficarei feliz de receber essa bela prenda.

Vamos lá ver se sou levada a sério.

E falando de tamanhos

 

Andava por aqui a  ler posts e blogs alheios, quando comecei à procura da fonte da imagem do Nelsonzito que tenho no post abaixo, até para perceber em que contexto tinha sido utilizada, quando me deparei com este post. Óbvio que o assunto recaía sobre pilas, neste caso grandes, o que me leva a falar aqui, pela primeiríssima vez, sobre esse pedaço de carne tão comentado.

Ora bem, meus meninos, homens e que tais que andam por esse mundo fora, quer gostem quer não a verdade é que SIM, o tamanho interessa. Sempre interessou, sempre vai interessar e isso é pura e simplesmente um facto.

Faz parte, é algo que se quer sentir presente, que, indiscutivelmente, estimula tudo quanto é sítio. Gostamos de saber que sentimos recantos que julgávamos não possuir (jasus que esta fase soa bem pior àquilo que eu gostaria).

Claro que eu não sou propriamente a melhor pessoa para falar sobre isto já que a minha experiência é pouca, mas suficiente para ter a certeza de que quando uma mulher afirma que o tamanho não interessa está descaradamente a mentir.

Sim, mente porque, se (e este se é o cerne da questão) já experimentou algo cuja diferença seja notória, dirá e saberá perfeitamente qual a verdade.

Agora, muita atenção meus senhores de pila menos avantajada, não fiquem tristes e cabisbaixos só porque não ostentam um badalo. Nós gostamos, sim, tê-lo grande conta, mas definitivamente não é tudo. Aliás, agora sei perfeitamente que se o trabalho for bem feito, é mais de meio caminho andado para levarem uma mulher às nuvens. A verdade é que no fim, a coisa depende de nós, e do que sentimos. Acredito piamente que a partir do momento em que nos têm na mão, isto é, a partir do momento em que estamos apaixonadas, nem nos passará pela cabeça o tamanho dele. Estaremos tão embrenhadas no”fazer o amor” que não iremos querer saber. Daí aqueles casos em que, quando a paixoneta, amor ou o que for acaba, lá acordamos para a vida, começamos a avaliar a coisa e percebemos que realmente não era assim tão maravilhoso (ou no meu caso, por exemplo, confirmamos o oposto).

A verdade, verdadeira é que nós precisamos é de ser bem levadas. Há que existir o conhecimento daquilo que nós gostamos de sentir e a partir do momento em que aprendem isto, ter 13 cm ou 18 é exactamente o mesmo.

E isto também vale para os cavalões que por aí andam. Sim, aqueles monstros, que sei que devem existir (já vi filmes pornos que comprovam que eles “andem ai”) e posso garantir que a quantidade de mulheres assustadas e com medo de vocês é mil vezes superior àquelas que vos desejam.

Compreendam que não escolhemos o par com base nos cm que ostenta (ou diz ostentar). Aliás, nestes casos o mais provável é darem uma imagem tão superficial da vossa pessoa, que iremos querer é distância (eu pelo menos quero distância destes espécimes convencidos que geralmente nem sequer devem valer um chavo, quer no acto, quer como pessoas). No final de contas é como tudo na vida, nem 8 nem 80…

Para terminar em beleza, a questão do Mito ser real ou não e blá blá blá… Claro que poderemos dissertar horas e horas sobre o assunto, mas daquilo que eu já vi, a única coisa que posso comentar é:

A diferença não está no comprimento, mas principalmente na largura!

Agora escolhas/gostos, isso fica ao critério de cada uma.

 

Be back latter.

 

Ps: Achei engraçado quando li que nós mulheres é que inventamos estas coisas,para acabarmos com o ego masculino! Cheira-me a desculpa de mau pagador (ou neste caso,de mau fodi***) hehe.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D